Cinema

Meia noite em Paris: linda homenagem às artes e à literatura dos anos 20

Juh OliveiraWritten by:

Paris despertando lentamente ao som do clarinetista Sidney Bechet. É assim que Woody Allen dá início ao filme “Meia Noite em Paris” (Midnight in Paris, 2011). Com mais de US$ 75 milhões arrecadados em todo o mundo, o longo quebrou os recordes obtidos por seu diretor logo...

Read More

Vidas negras importam! Indicação da série “Olhos que condenam”

Até poderia ser ficção – e se fosse, com certeza faria sucesso nas telonas porque nós...

“Desenha-me um carneiro?” O Pequeno Príncipe insistia sem medo de parecer chato…

Quem acha que uma criança não pode ensinar coisas importantes aos adultos está enganado e corre...

Resenha do filme “O poço”

Colaboração para o texto: Juh Oliveira Existem três tipos de pessoas: as de cima, as de baixo e...

Resenha: Em busca de um novo emprego, ele encontrou muito mais

Recentemente revi o filme “À procura da felicidade” (drama, 2006, EUA), que conta a história...

Juh OliveiraWritten by:

Resenha do livro “Marcas de um tempo” de Valéria Xavier

Não tenho certeza se foi ele, mas consta que Guimarães Rosa disse que “As pessoas não morrem, ficam...

Read More

Conto: A consciência do culpado

Juh OliveiraWritten by:

– Isso só pode ser brincadeira! – Juliano esbravejou ao ler o bilhete que foi deixado para ele na recepção do prédio onde...

Read More

Conto: Badalo de Sangue

JOSENILSON DE OLIVEIRAWritten by:

Numa cidade antiga, em algum lugar de São Paulo. 1993. Cinco minutos atrás Vendo as cores sumindo da face de Lucas enquanto seus olhos...

Read More

Com o desaparecimento da professora universitária Débora, de 34 anos, inicia-se uma intensa investigação indicando que ela fora embora deliberadamente ao abandonar a vida feliz e estável que possuía com o marido, Carl. Este não se conforma com as revelações que surgem, pois atestam o quão pouco conhecia a própria esposa.


Enquanto isso, Débora retoma lembranças de sua juventude e de um segredo escondido que parece ter ressurgido das cinzas como uma dívida a ser paga.


À medida em que Carl, a família e a própria polícia se surpreendem com as descobertas do presente, o que poderá acontecer se o passado de Débora for ainda pior?

(Visited 931 times, 1 visits today)