13/02/2018 00:00 - Atualizado em 08/01/2018 13:38

Agenda cultural

Curso de especialização em gestão e políticas culturais

Fique de olho na abertura das inscrições para o curso de especialização em gestão e políticas culturais.

Jucelene Oliveira
Jucelene Oliveira
Arte de Escrever

Este curso de especialização da Universidade de Girona (Espanha) em colaboração com o Observatório Itaú Cultural – desenvolvido em sessões presenciais em São Paulo e a distância, pela internet – aborda os temas mais relevantes das políticas culturais e da dinâmica cultural contemporânea.

Concebido como laboratório de ideias, o curso desenvolve-se ao redor de casos extraídos da realidade atual e da reflexão sobre as soluções encontradas por diferentes países para o ordenamento de suas políticas culturais.

Com base no estudo comparativo de práticas e legislações, o curso convoca especialistas que aliam renomada experiência acadêmica à gestão prática confirmada. Coordenado por Alfons Martinell (Universidade de Girona) e Teixeira Coelho (Universidade de São Paulo), o curso tem como colaboradores, entre outros, Xavier Greffe (Sorbonne, Paris), Patrice Meyer-Bisch (Friburgo, Suíça), Wolfgang Bader (Alemanha), Farès el-Dahdah (Rice University, Houston), Lúcia Maciel (USP) e Marcos Cuzziol (Itaú Cultural).

O curso, gratuito, tem o apoio de uma coleção de livros (também gratuitos) assinados por autores de renome mundial, como Amartya Sen, Nestor Canclini, Appadurai Arjun e Michel Maffesoli. E a plataforma digital do curso permite contato com ex-alunos e gestores culturais do Brasil e do exterior.

As sessões presenciais são realizadas em São Paulo, no Itaú Cultural, um destacado centro de cultura e arte no cenário de uma cidade e de uma avenida que são, por sua vez, pontos de atração internacional.

Mais de 300 gestores culturais do Brasil e do exterior passaram pelo curso ao longo de seus nove anos de existência e receberam seus certificados expedidos pela Universidade de Girona conforme as regras da União Europeia, que permitem a seus portadores os direitos em vigor nos diferentes países da UE. 

Girona e São Paulo: o medieval e o novo, numa rara combinação para uma inédita experiência cultural de reflexão sobre a cultura e seus rumos.

Frente do Itaú Cultural em São Paulo. (Foto: Internet)

Este curso orienta-se por linhas de reflexão desenhadas para responder à dinâmica cultural contemporânea:

• A cidade e a cultura
• Gestão da cultura: do local ao global
• Direitos culturais, conquista vital
• Avaliação: mito e realidade
• Institucionalidade da cultura: modelos         
• Cultura e economia: mercado e Estado
• Dinâmica cultural contemporânea
• Os jovens e a cultura
• As culturas computacionais
• Estudos de casos: apropriação cultural, microcultura e micropolítica cultural...

Os temas são abordados em palestras oferecidas pelos coordenadores e por especialistas convidados. Disciplinas virtuais intercalam-se ao longo do curso e são pontuadas por reflexões escritas dos participantes. Ao final, um trabalho de conclusão é solicitado aos alunos.

Os Livros do Observatório, coleção de textos sobre cultura e política cultural, são utilizados nas disciplinas virtuais e nas discussões em sala e a distância. Os livros são fornecidos pelo curso no formato digital e em edições impressas.

Laboratório é a palavra-chave deste curso: experimentar, pôr à prova ideias e soluções, de modo aberto e livre. A gestão e a política cultural veem-se com frequência engessadas em fórmulas tradicionais, desconhecendo o princípio de que a cultura sempre muda. A reflexão feita ao longo do ano letivo procura ser a ocasião para um pensamento renovado em política cultural.

Formato
Cinco encontros presenciais em fins de semana, ao longo de dez meses, alternados com estudos e discussões no fórum digital; painéis de debate; troca de experiências com colegas e docentes; uma visão ampla do cenário da política cultural no mundo. Duração total do curso: 12 meses.

Clique aqui para conhecer o programa e o regulamento do curso.

Curso de especialização em gestão e políticas culturais
Inscrições de 16 de janeiro a 13 de fevereiro de 2018
Gratuito – 30 vagas + 6 para autodeclarados pretos e pardos + 2 para autodeclarados indígenas
Total de 38 vagas

Comentários

Relacionadas

Publicidade

Facebook