J.K. Rowling: 18 conselhos para jovens escritores

J.K. Rowling

Você pode não ter lido nenhum livro da Saga Harry Potter (eu mesma confesso envergonhada que li apenas o primeiro volume “Harry Potter e a pedra filosofal” e admito que gostei muito da narrativa, nem sei porque não segui adiante), mas com certeza deve ter visto os filmes – ou em último caso, pelo menos conhece a história do bruxinho mais famoso da literatura e do cinema, que dorme embaixo da escada na casa dos tios insensíveis.

Pois bem. Goste ou não dos livros e dos filmes produzidos, os conselhos de uma autora best-seller como a J.K. Rowling são muito bem-vindos para qualquer um que deseje começar a escrever e, principalmente, para aqueles que sonham em viver da literatura. Não são?

Com eles, você verá que não há desculpas como falta de tempo ou dinheiro para começar a escrever. Vamos lá!


18 Conselhos de J.K. Rowling para jovens escritores

Eles foram retirados de vários depoimentos, entrevistas e escritos de J.K. Rowling.

1) Proteja seu tempo de escrita

“Seja implacável sobre seus dias da escrita. Não atenda a solicitações infinitas de reuniões “essenciais” e urgentes nesses dias. O engraçado é que, embora escrever tenha sido meu trabalho real há vários anos, ainda pareço ter que lutar por tempo para fazê-lo. Algumas pessoas parecem não entender que eu ainda tenho que me sentar em paz e escrever os livros, aparentemente acreditando que eles aparecem como cogumelos sem a minha conivência.”

2) Use o que aprendeu ao escrever

“Você precisa trabalhar. É sobre estrutura. É sobre disciplina. São todas essas coisas mortais que seu professor de escrita criativa disse que você precisava… Você precisa.”

3) Pare de fingir que não é escritor

“Parei de fingir para mim mesma que eu era outra coisa senão o que era. E comecei a direcionar toda a minha energia para terminar o único trabalho que importava para mim. Escrever.”

4) Ame a solidão

“Escreva o que você sabe: seus próprios interesses, sentimentos, crenças, amigos, família e até animais de estimação. Serão suas matérias-primas quando você começar a escrever. Desenvolva uma predileção pela solidão, se puder, porque escrever é uma das profissões mais solitárias do mundo. o mundo!”

5) Só tem um jeito de encontrar uma editora

“[…] você precisa escrever algo que um editor gostaria de publicar, pode demorar um pouco para encontrá-los. Se você for recusado por todos os editores existentes, você terá que considerar a possibilidade de que o que você escreveu não seja publicável. Em seguida, você precisa abordar o editor diretamente, ou (o que é aconselhável, se você puder gerenciá-lo), encontrar um agente que atue em seu nome. […] Espere. Ore. Foi assim que Harry Potter foi publicado.”

6) Escreva sempre que puder

“Às vezes você precisa escrever em momentos de folga aqui e ali.”

7) Leia o máximo que puder

“Eu sempre aconselho as crianças que me pedem dicas de escritor para ler o máximo que puderem. Jane Austen deu a um jovem amigo o mesmo conselho, então estou em boa companhia nesta ideia. ”

8) Sobreviva à crítica com perseverança

“A perseverança é absolutamente essencial, não apenas para produzir todas essas palavras, mas para sobreviver à rejeição e à crítica.”

9) Cuidado com o que escreve

“O que você escreve se torna quem você é… Então, ame o que você escreve!”

10) O escritor precisa de pouca coisa

“Tudo o que um escritor precisa é de talento e tinta.”

Harry Potter
Saga Harry Potter. Imagem: Internet.
11) Fracasse

“O fracasso é inevitável — faça dele uma força.”

12) Vai demorar para escrever algo que te deixe feliz

“Você precisa aceitar o fato de que vai escrever muito antes de escrever qualquer coisa que realmente goste, e é assim que acontece. É como aprender um instrumento, você deve estar preparado para acertar e errar. Eu escrevi muito antes de escrever qualquer coisa com a qual realmente estivesse feliz.”

13) Escreva o que te diverte

“Acabei de escrever o que queria escrever. Eu escrevo o que me diverte. É fundamental para mim.”

14) Como lidar com a família se for muito novo(a) para escrever

“Faça o que eu fiz: finja que você quer fazer outra coisa e escreva às escondidas até que você esteja livre para fazer o que quiser!”

15) Não tenha medo do fracasso

“Alguma falha na vida é inevitável. É impossível viver sem falhar em nada, a menos que você viva com tanta cautela que talvez não tenha vivido — nesse caso, você falha por padrão.”

16) Você nunca vai parar de aprender

“Acho que você está trabalhando e aprendendo até morrer. Posso, com a mão no coração, jurar que nunca vou escrever por qualquer outro motivo, além de querer ardentemente escrever o livro.”

17) Tenha ambição com limites

“Se você ama algo — e há coisas que eu amo — você quer mais e mais e mais, mas esse não é o caminho para produzir um bom trabalho.”

18) Livre-se da pressão, pois você não “tem” que fazer nada

“A felicidade pessoal reside em saber que a vida não é uma lista de verificação de aquisições ou conquistas. Suas qualificações e seu currículo não são a sua vida, embora você conheça muitas pessoas da minha idade e mais velhas que confundem as duas.”

Deixe uma resposta